Saiba como organizar seu estoque e logística

Saiba como organizar seu estoque e logística

O objetivo de todo e-commerce é atrair compradores, converter vendas e fidelizar o maior número de clientes possíveis. Porém, muitos empreendedores esquecem que, para que tudo isso aconteça perfeitamente, outros cuidados, como a organização de estoque e logística, por exemplo, são fundamentais.

O gerenciamento desses setores é tão importante quanto o departamento de vendas. Se essa gestão não for feita de forma eficiente e cautelosa todo trabalho do seu comércio eletrônico pode ir por água abaixo.

Então, organize seu estoque para que ele seja capaz de atender o número de pedidos da sua loja virtual.

Do que adianta ter um e-commerce com um layout amigável e responsivo, um mix de produtos bem completo e uma experiência de compra bacana, se você não consegue entregar o produto na data informada ou pior, não conseguir entregar a mercadoria para seu cliente, pela falta de planejamento.

Você sabia que o principal motivo do cancelamento de compras online é o atraso na entrega? De acordo com um balanço de 2015 do Procon-SP, a demora ou a não-entrega do produto é a principal queixa registrada no órgão.

Em períodos normais ou em datas sazonais, uma logística bem-feita, seja ela de entrega ou de recebimento, pode simplesmente diminuir todos os indicadores negativos da sua empresa, incluindo, atendimento, custos com logística reversa, entre outros.

Por onde começar para organizar meu estoque?

Um dos principais processos na hora de organizar seu estoque é esquematizar seu checkout de pedidos e também acertar o seu tempo de operação.

Muitos e-commerces não possuem uma definição clara da ordem de separação dos itens do seu estoque e quanto tempo leva para fazer todo o despacho de cada pedido.

Consequentemente, a loja virtual não consegue analisar a capacidade de operação, ou seja, quantos pedidos consegue processar por dia.

Em períodos de grandes quantidades de vendas, o volume de pedidos pode ser muito maior que a capacidade atual do estoque, fazendo com que o setor de logística leve dias ou até semanas para processá-los.

Pronto! Temos um CAOS OPERACIONAL instalado na sua empresa.

Imagine só todos os indicadores de atendimento disparando, atritos com os clientes, cancelamentos, depoimentos negativos no Reclame Aqui e processos judiciais.

Aliás, é muito importante você lembrar que, quando uma operação tem um volume sazonal de compras, após a data passar, pedidos continuarão caindo, o que agrava ainda mais a situação.

Se você pretende organizar o dia a dia do seu estoque e também se preparar para as datas sazonais de 2018, a seguir, listamos 4 dicas para ajudar você no processo de separação e despacho dos itens, e de que forma você pode definir a capacidade operacional do seu e-commerce.

1 – Escolha um ERP com os recursos certos.  É mais que fundamental, é obrigação.

Primeiramente, se você não tem um ERP instalado, arrume um urgentemente, a Xtech Commerce tem ótima integração com os principais softwares do mercado, como a Bling, por exemplo.

Tenha um sistema de ERP que ofereça opções de cadastramento de produtos com ‘rua’ de estoque. Ou seja, no cadastro do produto, você pode definir em que local especifico do estoque ele está. Após o cadastro, monte o seu estoque de acordo com o que ficou definido no sistema e você vai ajudar a equipe de separação.

2 – Faça Checkout Eletrônico de pedidos

O Checkout nada mais é do que a conferência por código de barras. Sua plataforma e ERP tem a obrigação de ter os campos NCM e EAN/GTIN na hora de cadastrar o produto, pois isso ajudará muito o seu estoque. O NCM na geração da NF e o EAN na conferência dos itens.

E não diga que você ou sua equipe não erra na separação. Erra sim! Todo mundo é passivo disso.

Se o produto não tiver o código, não tem problema, mas se estiver usando o Bling, por exemplo, ele reconhecerá o SKU em forma de código de barras como código passivo de conferência. Esse processo requer apenas o sistema e um leitor de código de barras e pode levar a quase ZERO o número de pedidos enviados com irregularidade.

3 – Use impressoras diferentes para NF e etiqueta.

O tempo que você gasta imprimindo em A4, recortando e colocando pode matar a sua operação na Black Friday. Procure comprar ou alugar impressora de Etiqueta (zebra/bematech por exemplo) e impressora de NF. Ter caixas prontas ao invés de embalar também pode ser uma opção, dependendo da margem que você tiver.

4 – Saiba quanto tempo leva para processar 1 pedido

Faça teste antes da data promocional. Após a separação dos itens de cada pedido, faça o processamento individualmente, ou seja, do chekcout até a lacração da embalagem com a etiqueta de envio e Nota Fiscal dentro. Lembre-se: não pode ter mais que um pedido na mão do operador.

Cronometre o tempo que leva para o operador fazer a conferência dos itens com código de barras, emitir a NF, a etiqueta de envio, lacrar o pedido, colocar a NF dentro, embalar o pedido e colar a etiqueta. Esse processo não pode demorar mais que 5 min (no máximo) e deve demorar, dependendo da operação, cerca de 3 minutos.

Divida o tempo dessa operação, pelo tempo útil de trabalho do operador, que deve ser, em média, seis horas. Você terá a média da quantidade de pedidos que o profissional processa. Lembre-se: cronometre o tempo sem ele perceber, para que a pressão do ‘tempo’ não interfira diretamente no rendimento.

Então, mãos à obra! Não perca venda e organize seu estoque e logística. Aproveite e conheça a Advice e-Commerce, agência especializada em Inbound Marketing e e-Commerce.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram

Postagens