Previna problemas com o aumento de vendas

Previna problemas com o aumento de vendas

assinatura jairo blog 2Se você trabalha com varejo, seja ele online ou não, sabe que 101% do foco é em vendas. Todo o trabalho que você e sua equipe fazem tem como objetivo principal aumentar as vendas e gerar cada vez mais receita.

Mas, nem tudo são flores!

A verdade é que esse aumento de vendas pode gerar problemas operacionais de estoque e logística para o seu negócio.

Isso acontece muito em datas sazonais, como o Dia das Mães, Black Friday e Natal, por exemplo. Nesses casos, pode ser muito pior, uma vez que não adianta você fazer grandes investimentos em mão de obra ou tecnologia se depois de alguns meses, os pedidos vão diminuir.

Então, neste post, vamos dar dicas e práticas para você se preparar para esse aumento de vendas:

Capacidade do Fluxo de Pedidos

A primeira e talvez a atitude mais importante que você deve tomar é calcular o fluxo de pedidos. Pode até parecer difícil essa etapa, mas, calma, que vamos te explicar tudo:

Toda operação tem a capacidade de ‘escoar’ uma determinada quantidade de pedidos por mês, por dia e por hora.

Mas, você sabe qual é a sua?

Se ainda não sabe, calcule quanto tempo o seu operacional leva para separar os pedidos. Quanto tempo leva para gerar Nota Fiscal, embalar o pedido, etc. Depois da separação, calcule o tempo trabalhado do colaborador, levando em consideração paradas para ir ao banheiro e o cafezinho.

Com esses dados, você terá uma estimativa de quantos pedidos são possíveis processar e despachar por dia. Faça uma média por semana e por mês para ter um número mais próximo da realidade.

Pronto!

Agora, você é capaz de planejar novas contratações, melhorar o modelo de separação e despacho das mercadorias, para ganhar mais tempo e, até mesmo, melhorar a tecnologia do seu operacional.

Nem todo aumento justifica o investimento

Se você vende na sua loja e em marketplaces produtos que tendem a vender mais no último semestre, como brinquedos, bicicletas e presentes, possivelmente sabe que no final do ano suas vendas aumentam e muito. Mas, isso não significa que você vai precisar se preparar exageradamente para essa época. Faça investimentos em novas contratações e tecnologia com bom senso e coerência.

Uma dica bem importante é fazer o cálculo da capacidade do fluxo de pedidos, cruzar com os volumes do ano anterior, aplicar as taxas atuais de crescimento e ver quanto tempo você vai precisar para processar os pedidos em datas sazonais, como a Black Friday, por exemplo.

Pagar hora extra e recompensar a equipe por trabalhar até mais tarde nessas datas especificas pode ser a melhor solução. Não faça investimento sem ter uma real necessidade.

Deixe esse investimento para quando a média de pedido diária tiver um aumento real e significativo. Uma dica para a Black Friday é processar todos os pedidos da sexta-feira no mesmo dia. Não deixe acumular pedidos da sexta com o sábado e o domingo.

Checkout eletrônico

Com um aumento de pedidos, abre-se mais brechas para sua equipe errar na hora da separação dos pedidos ou até mesmo fazer envios errados. Procure implantar um sistema de checkout na sua operação, baseado em código de barras, para impedir que algum produto seja separado de forma equivocada.

A maioria dos ERP (Enterprise Resource Planning) para e-commerce contam com esse sistema, mas, se não estiver habilitado para você, faça a solicitação.  Se seu ERP não possui, leve em consideração a troca para algum que tenha esse sistema, pois será vital para o crescimento saudável da sua operação.

Rastreabilidade dos pedidos e abertura de PI

Aposte no uso de algum sistema que mostre onde estão seus pedidos, em um dashboard simples e fácil de entender. O simples fato de mostrar os pedidos que tem alguma ocorrência, como tentativa de entrega, por exemplo, já ajuda você na gestão das entregas.

Além disso, sistemas como o Find My Pack possuem um modo de abertura de PI (Pendência Interna) nos Correios.

Para quem não sabe, todo pedido que está com atraso ou teve alguma ocorrência como roubo, por exemplo, dentro das regras estipuladas pelo seu contrato com os Correios, você tem direito de indenização por atraso e, até mesmo, reembolso do valor de frete e/ou mercadoria, dependendo do problema.

Mas, para isso é necessário abrir um chamado nos Correios, acompanhá-lo e fazer a solicitação. Sistemas como o citado acima fazem esse procedimento automaticamente.

Claro que essas são algumas das atitudes mais importantes para prevenir possíveis problemas que o aumento de vendas pode gerar para o seu e-commerce. Claro que outras estratégias também podem ser implementadas, dependendo do seu tipo de negócio.

Por isso, é importante que você tenha uma visão bem macro de toda a sua operação. Dessa forma, você conseguirá enxergar as melhores e mais eficazes estratégias.

Confira o vídeo com resumo deste conteúdo:

Aproveite e acesse o site da Agência Advice e conheça nosso time de especialistas em e-commerce.

Revisão: Angélica Helena

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram

Postagens