Oferecer frete grátis é a melhor estratégia ou não?

Oferecer frete grátis é a melhor estratégia ou não?

Depois do preço, o frete é um dos grandes protagonistas na hora do consumidor decidir pela compra. 44% das pessoas que percorrem toda a jornada de compra até o carrinho desistem do produto em razão do alto valor do frete, segundo uma pesquisa da Ivesp CRO.

O valor do frete é, com certeza, fator determinante para a conversão, sobretudo em períodos promocionais, onde existe uma verdadeira guerra para fisgar o cliente. Por esse motivo que não é de hoje que os grandes varejistas estão adotando a estratégia de oferecer frete grátis ao consumidor.

Mas, mesmo sendo uma prática adotada por inúmeros e-commerces do Brasil, esse é um assunto que ainda gera muitas discussões tanto por parte daqueles que estão iniciando no mercado do comércio eletrônico até para os mais experientes no ramo.

A principal dúvida está relacionada ao real retorno que o frete grátis proporciona para o negócio.

Será que se eu optar por cobrar pelo envio, minha loja corre o risco de perder um consumidor para outra loja que ofereça políticas de frete mais flexíveis?

Mas, se o meu comércio eletrônico optar por oferecer frete grátis indistintamente, eu ponho em risco a minha margem de lucro?

A verdade é que, para que qualquer empresa cresça em uma base sólida e sustentável é muito importante dar total atenção a cada centavo dos custos e da rentabilidade que seu e-commerce gera para o negócio.

É necessário que exista um entendimento mais a fundo ao oferecer o frete grátis, ou seja, você não deve oferecer essa vantagem apenas para vender. Essa prática precisa fazer parte de um planejamento prévio, muito bem fundamentada em dados e análises.

Embora fazendo muito sucesso entre os consumidores nos últimos anos, diversos lojistas virtuais estão revendo essa política de frete.

Segundo uma pesquisa Webshoppers 2016, conduzida pela Ebit/Buscapé, desde 2014 há uma tendência na diminuição da oferta de frete grátis. Então, antes de praticar essa política de frete, fique atento aos seguintes critérios:

Segmentação e quantidade mínima

Para oferecer frete grátis, o ideal é que você conduza essa estratégia de vendas de forma segmentada para regiões ou por quantidade mínima, alinhada ao ticket médio, por exemplo.

Custo e cálculo e frete

Tenha uma correta determinação em relação ao custo e cálculo de frete para os itens vendidos, além de informações sobre prazos e normas de entrega. Nunca se esqueça de monitorar de forma contínua os indicadores relacionados ao frete.

Melhores períodos

Uma ótima dica é, antes de definir a política de frete, verifique quais são os melhores períodos para aplicar campanhas de isenção da taxa e analise quando e se realmente essa prática será decisória na hora da compra.

Planejamento financeiro

Conforme mencionado acima, um minucioso planejamento financeiro é fundamental para evitar prejuízos. Por isso, analise volume de vendas, os juros negociados e valores acordados com as soluções de logísticas.

Logística reversa

Esse é um tema que merece muita atenção. Pense que as despesas de frete podem dobrar nesses casos.

Aproveite e conheça a Advice e-Commerce, agência especializada em Inbound Marketing e e-Commerce

Leia também:

5 estratégias de planejamento para montar uma loja virtual

 

Data 11/01/2018 – Autor: Advice -e-Commerce

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram

Postagens