Landing pages para produtos: como funciona?

Landing pages para produtos: como funciona?

assinatura jairo blog 2 259x300 1Muito se fala sobre landing pages para captura de leads e aumento de base para e-mail marketing para diversos segmentos, como os e-commerces, por exemplo. Nesse sentido, uma estratégia que funciona muito bem são as landing pages de produtos.

Esse método consiste em montar uma página de produto com o máximo de eficiência na descrição e com ilustrações, de preferência. A ideia é tirar dúvidas dos seus clientes na hora de realizar a compra.

Aliás, outra estratégia bem eficaz é montar landing pages de produtos mesmo fora da sua loja virtual, para atração de tráfego e para despertar o desejo sobre determinado produto.

As principais vantagens desse tipo de landing pages é a alta indexação junto ao Google orgânico (SEO) e, nos casos de páginas criadas fora da loja virtual, o baixo custo de exposição para campanhas de mídias pagas, como Facebook Ads e Google Ads.

Mas, se você está se perguntando: o que temos que ter nessa página? Como montar uma página dessas?

Vamos usar um exemplo de um dos clientes da Advice que desenvolve, internamente, um excelente trabalho em cima dos principais produtos que eles possuem. Mas, para você desenvolver boas LP’s, você vai precisar de um bom copywriter e web designer, para que a página fique harmoniosa.

Uma dica muito importante na hora de montar uma landing page é que a descrição, que deve ser curta, esteja posicionada junto ao botão de ação (nesse caso, botão comprar) e de todas as vantagens em relação a preço e condições de pagamento.

FOTO 1

Na imagem abaixo, observe que temos uma descrição longa. Trata-se de ‘contar uma história’ sobre o produto e também posicionar as primeiras palavras-chaves com foco na indexação.

FOTO 2

Logo após a parte de descrição, você pode colocar um call-to-action, pois, a partir daqui algumas das principais dúvidas podem já estar sanadas e você facilita a tomada de decisão do cliente.

FOTO 3

Após esse CTA, você pode inserir os diferenciais do produto, podendo colocar os principais destaques e ilustrar elementos que estão na descrição, mas não possuem tanta visibilidade.

FOTO 4

Outro elemento que não deve ser esquecido, são os vídeos. Eles sempre são os pontos fortes da LP e sempre trazem o jeito mais fácil de entregar informações e tirar dúvidas.

FOTO 5

Outros elementos extremamente importantes são:

– Benefícios do produto

Landing pages para produtos: como funciona?

Informações técnicas e itens inclusos no produto

Dúvidas frequentes

FOTO 7

Informações técnicas e itens inclusos no produto

FOTO 8

Para conferir esses elementos aplicados, visite o site do nosso cliente, Shopfisio.com, clicando aqui!

De forma geral, uma última dica muito importante é que a criação dessas landing pages gera uma grande demanda de trabalho, então, para otimizar esse processo, procure produtos que sejam a sua Curva A e com alto valor agregado.  O ideal também é que esse produto seja um pouco mais complexo, para você ter mais informações a disponibilizar.

Os principais indicadores mostram que esse tipo de página de produto tende a ter uma conversão acima da média do seu site em 22%, aumentando a taxa de conversão dos produtos em destaque.

Lembrando que, quando um produto tiver um valor muito acima do seu ticket médio, o ideal é você ter elementos de contato, como televendas e Whatsapp, pois as chances de conversão por esses canais são muito maiores.

Exemplo: seu ticket médio é de R$400,00 e você está expondo um produto de R$2.000,00, a uma grande possibilidade que, mesmo com todas as informações disponíveis, o cliente vai querer falar com algum atendente e/ou vendedor, para aumentar a credibilidade e confiança.

As landing pages de produto, não substituem o atendimento, ele agrega e muito em toda a jornada do cliente.

Na hora de montar a sua landing page de produto, fique atento a todos esses pontos. Dessa forma, você garante maior eficácia e um resultado positivo.

Na Agência Advice você encontra profissionais altamente qualificados que trabalham tanto SEO (Search Engine O ptimization) quanto HTML das descrições dos produtos.

 

Revisão: Angélica Helena 10/10/2018

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram

Postagens