Como seu Cliente vê seu E-commerce?

Como seu Cliente vê seu E-commerce?

Download do E-book Grátis

Um erro bastante comum é analisar a usabilidade do seu site tomando como referência seu celular ou seu computador e não como seu cliente vê seu e-commerce.

Normalmente, temos um gap grande aqui porque não se tem uma visão real de como seu site é visto por quem o acessa. Principalmente nas agências de marketing que desenvolvem as peças publicitárias e o layout do site olhando para um iMac de 27 polegadas.

Como o cliente está vendo seu e-commerce?

Via de regra, alguma coisa não ficará no primeiro frame da navegação, onde acontece o primeiro impacto que o cliente terá da sua loja, o que não foi exatamente planejaram criação e desenvolvimento. Isso ocorre porque as dimensões da tela de quem criou ou desenvolveu os layouts são bem diferentes daquelas de quem acessa o site:

Google Analytics - Análise 01

Então, dados como esse devem ser levados em consideração na hora de pensar/repensar a sua loja. Estes dados podem facilmente serem encontrados através do Google Analytics. Use os recursos dos navegadores e redimensione sua página para o formato utilizado pelos clientes que mais acessam seu site.

Dê importância ao UX no seu e-commerce

Confira se os banners estão entregando as principais informações dentro da margem de maior visualização. Verifique se o primeiro frame do site tem todo os dados necessários para que o cliente dê o próximo passo ou realize a próxima ação.

A importância de validar essa informação no mobile é ainda maior se você levar em consideração que o dispositivo móvel está presente em boa parte das compras realizadas dentro da sua loja:

Google Analytics - Análise 02

Antes mesmo de repensar seu layout, planejar suas campanhas ou apontar que algum canal de aquisição não vem funcionando, utilize seu site como um cliente comum o faria. Veja se consegue finalizar facilmente uma compra ou se, para isso, você vai precisar “rolar” a tela para cima e para baixo em busca de alguma informação ou um botão que seja fundamental para a conversão.

Além da usabilidade do cliente

O problema da maioria dos sites está na sua péssima usabilidade. Alguns ainda têm sucesso graças ao fator “cliente guerreiro”, uma categoria de clientes que, mesmo com uma usabilidade pífia e a loja “dificultado” a vida dele, ainda se empenha para finalizar uma compra. Mas lembre-se: esses clientes são a minoria! Imagine quantas pessoas, ao mínimo sinal de dificuldade, não desistiriam de dessa compra. Por isso a usabilidade precisa de evolução e acompanhamento constantes.

Para além da usabilidade, precisamos falar sobre velocidade, algo tão importante quanto. Um site lento para abrir, principalmente no 4G, tende a ter uma bounce rate acima da média.

O teste é bem simples! Você pode acessar várias ferramentas que fazem essa análise. O Google, inclusive, tem uma ferramenta própria para mobile: thinkwithgoogle.com. O Stage também é uma opção: stage.rockcontent.com. Se você buscar no Google, encontrará inúmeras opções.

O ideal não é comparar seu site com um portal, outras lojas virtuais ou o próprio Google. Compare seu e-commerce com o de seus concorrentes. Veja onde eles estão pecando e cresça ali.

Se quiser saber mais sobre comportamento de compra e como fazer seu e-commerce alavancar, baixe agora nosso ebook.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram

Postagens