10 dicas para você bombar suas vendas na Black Friday

10 dicas para você bombar suas vendas na Black Friday

A estimativa da Ebit|Nielsen é de que as vendas online alcancem a incrível marca de R$ 3,07 bilhões na Black Friday 2019, a um ticket médio de R$ 626, e a pergunta que não quer calar é: qual fatia desse bolo vai ser sua?

A sexta-feira mais esperada do ano está chegando: Black Friday, sua linda! No próximo dia 29 de novembro quem levará a pior são os cofrinhos. Isso porque, a cada ano, os consumidores estão se planejando mais e com uma antecedência maior para aproveitar ao máximo as melhores ofertas da Black Friday.

Se você já acompanha o Blog da Advice, certamente está por dentro das valiosas dicas para a BF deste ano que postamos para te ajudar a se antecipar e correr na frente, garantindo seu lugar na janelinha. Afinal de contas, uma previsão de aumento de 18% nas vendas online, em comparação com a Black Friday 2018, é motivação para ninguém botar defeito, não é mesmo?

Leia: https://advicecommerce.com.br/blog/planejamento-para-a-black-friday/ 

Mas o trabalho nunca pára, principalmente porque estamos falando da segunda melhor data comercial para o varejo no Brasil. É preciso ser minucioso em relação aos detalhes e ter foco para obter sucesso nas vendas. Então, se você quer se fartar com uma fatia ainda mais generosa desse bolo, fique de olho nessas 10 dicas para bombar suas vendas na Black Friday 2019.

Estratégias para bombar sua loja virtual nesta Black Friday

Então você fechou ótimos negócios com seus fornecedores, deu aquela caprichada no estoque e vem criando engajamento com o público em seus perfis nas redes sociais. Parabéns! Sua loja está abastecida de produtos, seus clientes já estão aquecidos para a BF e sua fase de planejamento foi concluída com sucesso. Agora chegou a hora de cuidar dos detalhes:

1 – Estratégia, do grego strategía

Como em terra de cego quem tem olho é rei, valorize o que sua loja virtual tem de melhor. Produtos exclusivos ou que renderam boas negociações com os fornecedores, deixando seu preço melhor do que no concorrente, merecem aquele destaque na sua página e devem ser os queridinhos dos ADS, seja nos canais de venda ou em seus perfis nas redes sociais.

2 – Momento de renovar as energias

Quando a Black Friday se popularizou, lá pelos idos de 1970, sua finalidade era dar uma bela zerada nos estoques para que as lojas pudessem se abastecer para o Natal. Ao longo dos anos, principalmente aqui no Brasil, esse propósito veio se esvaziando. Mas essa continua sendo a grande sacada da BF: uma ótima oportunidade de se livrar daquelas bolas de ferro que aprisionam seu estoque, e poderiam ser usadas para te ajudar a vender ainda mais na Black Friday.

3 – As pessoas compram com os olhos

Uma foto bem tirada pode ser o decisor de compra do seu cliente. Além de sermos seres altamente visuais, queremos sempre nos certificar de que fizemos a melhor escolha. Apesar do investimento de tempo e dinheiro que elas possam gerar, fotos de um produto em diferentes ângulos, de seus detalhes, inserido em um cenário real ou um simples vídeo dele em uso valem muito a pena e podem fazer toda a diferença.

4 – Informação nunca é demais

Uma ficha técnica bem detalhada, avaliações de clientes que já compraram aquele produto, comparativos com itens similares, dicas de utilização e conservação. Por mais que você fique com a impressão de que ninguém vai ler tudo isso, quando se trata de Black Friday e, mais do que isso, de garantir sucesso nas vendas frente à concorrência, todo esforço para agregar valor aos produtos por meio de informações de qualidade será recompensado. Acredite! 

5 – Quer pagar como?

Quando se fala em facilitar as condições de pagamento, logo vem à cabeça as tais 12x sem juros, mas as possibilidades vão muito além disso. Cashback em apps de pagamento online, créditos em programas de vantagem, troca de pontos, isenção de frete ou, até mesmo, preços diferenciados para pagamentos à vista. O céu é o limite e, na disputa pelo melhor negócio, o preço em si pode acabar ficando em segundo plano quando se tem uma opção de pagamento que pode ser ainda mais rentável para o cliente. 

6 – Organizando a bagunça

Se você fez sua lição de casa direitinho, seu estoque deve estar consideravelmente mais cheio durante a Black Friday do que o normal. Isso quer dizer que os níveis de organização tendem a zero durante esse período, dificultando a localização de itens e impactando diretamente na sua logística. A melhor maneira de minimizar isso é investir em um ERP com controle de estoque e cadastro de produtos com o direcionamento preciso de onde ele está. Além disso, espelhar a organização do espaço físico à do sistema é o pulo do gato que pode garantir seu sucesso na BF.  

7 – Tempo é dinheiro!

Pode parecer bobagem, mas rodar uma operação tão grande quanto a que se estabelece durante o período de Black Friday é um desafio e tanto. Por essa razão, qualquer otimização de tarefas pode render um ganho de tempo do qual você não pode se dar ao luxo de abrir mão. Embalagens prontas e de fácil montagem, impressoras distintas para nota fiscal e etiquetas, qualquer feito que diminua seu tempo padrão de processamento de pedidos, mesmo que em segundos, já te dá uma ótima vantagem. 

8 – O que é certo, é certo

Última chance de dar aquela repassada nos valores dos produtos que serão o carro-chefe da sua Black Friday 2019 e ver se você está passando bem longe da política de “metade do dobro”, uma prática que se tornou tão comum em algumas lojas virtuais brasileiras e que prejudica o varejo online como um todo, acabando com a credibilidade e ferindo a ética desse tipo de negócio.

9 – Indicadores, aka radares supersônicos

Embora seja um período de vendas atípico, que pode se diferenciar bastante da dinâmica comercial que impera no dia a dia da sua loja virtual, a Black Friday pode ser usada como uma fonte segura e confiável de indicadores de performance que têm muito a dizer sobre seu negócio. Mapeie quais indicadores faz sentido extrair desse momento, quais têm alto potencial de gerar insights para suas vendas cotidianas e quais podem contribuir com suas estratégias para a Black Friday 2020.

Leia: https://advicecommerce.com.br/blog/black-friday-gere-kpis-relevantes-para-previsao-de-vendas/

10 – Conquistando corações

O maior ganho que sua loja virtual pode ter com a Black Friday não é no caixa e sim na sua marca. Todo o tempo e a energia dedicados à planejar uma operação impecável durante a BF podem ir por água abaixo se qualquer ponto de contato com o cliente deixar o atendimento a desejar. Priorizar a experiência do cliente acima de tudo e tirar o máximo de proveito das interações que gerar engajamento, principalmente nas redes sociais, são os ganhos imateriais que irão medir o efetivo sucesso nas vendas da sua Black Friday 2019.

Quer saber mais sobre como alavancar suas vendas e fazer os ADS trabalharem a favor do seu e-commerce ou da sua loja virtual? Vem falar com a gente! Nós, da Agência Advice, temos um plano de ação na medida para o seu negócio.

Leia: https://exame.abril.com.br/pme/os-erros-mais-comuns-das-empresas-na-black-friday/

 

Autor: Gerencia Advice

Data da Publicação: 22/11/2019

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram

Postagens